"VALORIZE SEU PATRIMÔNIO, REGULARIZE SEU IMÓVEL."
ptenfrdeites

Direito Imobiliário

PERDA DA POSSE

Perde-se a posse quando a pessoa deixa de exercer sobre a coisa qualquer dos três poderes
inerentes ao domínio, conforme Artigos 1.223, 1.224, 1196 e 1204, do C.C/02.
15
Exemplificando: perde-se a posse por:
a) Abandono (significa renunciar à posse, é a res derelictae = coisa abandonada);
b) Tradição (entrega da coisa a outrem com ânimo de se desfazer da posse, como ocorre

Já sabemos que nosso legislador adotou a teoria objetiva da posse de Ihering. Então
possuidor é todo aquele que ocupa a coisa, seja ou não dono dessa coisa (Artigo 1196 do
C.C/02), salvo os casos de detenção já vistos (Artigo 1.198 de C.C/02). Sabemos também que

OBJETO DA POSSE

Pode ser toda coisa material, corpórea, que ocupa lugar no espaço. Assim, todas as coisas
móveis, imóveis e semoventes que ocupam lugar no espaço podem ser possuídas e protegidas.
Essa é a regra geral, embora admita-se a possibilidade de posse de coisas imateriais
como linha telefônica, energia elétrica, sinal de TV por assinatura, marcas e patentes protegidas

A Solo Regular

Com o compromisso da realização das regularizações fundiárias que envolvem as cidades e as pessoas que nelas habitam e cientes do atual dinamismo das negociações imobiliárias em todo território nacional, bem como, da consequente necessidade das regularizações dos títulos de propriedade ou posse, nasceu a “SOLO REGULAR” - Planejamento, Gestão e Desenvolvimento Urbano.